Pena de Morte. By Valéria Fernandes

Escrito por Mhario Lincoln. em: 23/01/2015 | Atualizado em: 23/01/2015

Compartilhe

Coluna de Valéria Fernandes
(Especial para ACERVO)
(*) VALÉRIA FERNANDES
Consultora Política
Goiânia- GO

 

PENA DE MORTE / INDONÉSIA

 

Não vi porque , tanto alarde por parte do governo Dilma, pela a execução do traficante Marco Archer.

Marco Archer, já tinha antecedentes,não era um neófito no tráfico e, tinha conhecimento das Leis da Indonésia.

Mesmo sabendo, que a Lei contra o tráfico seria a "Pena de Morte",mesmo assim Marco Archer tentou burlar as Leis desse País.

A cultura brasileira, pra muitos não saõ aceitável a "Pena de Morte".

Mas existe, uma hipocrisia, muitos não querem ver, que a maior pena de morte, o traficante faz todos os dias,causando a maior "desgraça", "devasta", nas famílias.

Mães,que perdem seus filhos para os traficantes, famílias destruídas,por causa das drogas.

A execução desse traficante,não deve ter sido nada, diante,de tantas, supostas vidas, que foram dissipadas,separadas,por esse traficante,através dos seus tráficos.

O tráfico, é um dos piores crimes que pode causar a sociedade,causando os piores danos e, muito das vezes sem a menor chance de recuperação.

No Brasil, o cidadão d bem ,está convivendo a muito tempo com a "Pena de Morte",por falta de segurança, com a inércia do poder público.

Já são aproximadamente quase 60 mil homicídios por ano.

Não vejo nenhum alarde, pelos nossos políticos,em relação a falta de segurança da sociedade.

Parabéns! a Indonésia como trata suas Leis, com seriedade, fazendo valer,com rigor.

Concordo, com o governo d Indonésia, quando disse: "Respeite nossas Leis".

Afinal o Brasil, (País da Corrupção) não tem moral, credibilidade,para querer frear, a legislação,desse país.

Com certeza esse traficante, havia esquecido, que "Jeitinho brasileiro",so existe no Brasil.

Para conhecer a cultura de um país, basta olhar para suas LEIS.

Que a execução desse traficante,que sirva de "reflexão", aos nossos legisladores, que deveria existir pelo o menos "Pena Perpétua".

Que nosso CP (Código Penal), que já se arrasta desde 1940, seja urgentemente, repensado, na atual situação que estamos vivendo.

Comentários  

0 #1 Pena de morteJosé de Oliveira Ram 23-01-2015 20:01
Concordo com o raciocínio e com o que está colocado. Infelizmente, por conta da cultura da impunidade e de muita hipocrisia, muitos se manifestaram contrários à execução das leis da Indonésia. Como prova da hipocrisia, muitos se posicionaram contra o fuzilamento (crime!), mas se posicionam favoráveis ao aborto (também crime). Coisa da incoerência brasileira que, só defende a punição quando o crime é contra alguém da família ou próximo.
Citar