"Sonhar é apenas uma questão de dormir". Exclusivo, Ricardo Fonseca

Escrito por Mhario Lincoln. em: 03/04/2015 | Atualizado em: 04/04/2015

Compartilhe

EXCLUSIVO:

Entrevista com Ricardo Fonseca

Por Raquel Ramos (www.superlinda.com) e Mhario Lincoln (www.domeulivro.com.br)

 

No Espelho:

Quem é Ricardo Fonseca por ele mesmo:

 

" Sou um sonhador inveterado. Sonho com um mundo mais justo, multi colorido,  cheio de Paz e plantas enormes pra purificar nosso ar  e nos fazer sombras. O que seria do Sol sem o mar e da lua sem as estrelas ? O que seria do homem sem a mulher, da mulher sem o bebê e do bebê sem a família? O que seria de nós , sem nós mesmos e sem os outros? Estamos perdidos quando nos achamos, limpos quando nos sujamos e,  simples quando vemos as coisas mais complexas da vida. Somos seres de uma inteligência imensurável, por mais burrices que fazemos, no final acabamos acertando pelo menos  uma bola dentro. Somos tudo aquilo que queremos ser. E quem vai nos impedir? Sonhar é apenas uma questão de dormir. Quem não sonha não vive e vice versa. Vamos sonhar, mesmo que acordado, por que só assim  estaremos abertos para evoluir, sorrir, chorar, amar e ser amado. A insônia  real não pode sair do não sono, e influenciar a sua felicidade natural. Efêmero é viver e não amar. Plantar, cavar, fincar, construir. Esse é o nosso dever aqui. Construir um mundo que nem tanto seja mau, mais muito seja bom. Talvez bem mais que bom. Um mundo especialmente real , mesmo que no virtual. As barreiras vão além do laptop, tablet ou smartfone. As barreiras estão dentro  nós mesmo. Vamos a batalha íntima diária."

 Eis a entrevista:

 

Raquel Ramos/Mhario Lincoln 1-Casado, Poeta, Artista Plástico, Designer, Videomaker, Pai de 5 filhos, Especialista em Projetos Especiais, Criador e Criatura, Inquieto e Amigo. Essas informações estão contidas na Bio do seu twitter.  Não é muita definição pra uma pessoa só? Como você administra tantos talentos?

RICARDO FONSECA: Na verdade , sou isso tudo e mais algumas outras coisas (risos) . Descobri  a arte muito cedo e procurei como tudo na vida, realizar da forma mais dedicada possível.  Aliás , sou o maior crítico de tudo que faço.

 

RR/ML 2-Você tem 5 filhos com  apenas 44 anos de idade. Como você administra suas atividades  trabalho, arte, blog , com tantos filhos para criar?

RF: Veja só tudo na minha vida foi muito difícil. Trabalho desde os meus 15 anos e fui Pai pela primeira vez aos 30. Eu tive um filho antes de casar, mas só descobri depois. Com uns  anos tive mais dois com a minha esposa. De repente no momento mais difícil da minha vida, Deus me mandou  um bebê para adotar. Onde como dois, três, come quatro, né? (risos). Tem uma lenda que diz o seguinte: quando vc adota uma criança, vem outra e minha esposa engravidou tomando remédio regularmente. Então, decidimos pela ligadura de trompas, senão, montaríamos um verdadeiro time de futebol ( risos).

 

RR/ML 3-Você já teve ou já pensou em ter um blog para mostrar os trabalhos de publicitário, designer, artista plástico e poeta?

RF: Bingo !!! O blog Propagando nasceu com esse intuito, de ser uma grande vitrine dos trabalhos que desenvolvo. Só que as coisas foram crescendo cada vez mais e a política (que está no sangue), também começou a fazer parte. Isso me deu uma grande visibilidade, que me proporcionou o convite do Attuch para ser colunista do Jornal Digital Brasil 247, onde estou há quase 1 ano e meio.

 

RR/ML 4-Especialista em Projetos Especiais,  gostaria de saber qual a abrangência deste trabalho?

RF: Esse título é porque desenvolvo projetos específicos para a necessidade de cada cliente em particular. Ou seja, crio soluções para atender demandas que chegam desde clientes de grande porte, quanto  os de pequeno porte. Como? Desde a criação da logomarca e identidade visual, até o planejamento e estratégia de vendas e marketing. 

 

RR/ML 5-Para desenvolver sua atividade profissional é necessário a criatividade. A sua irreverência e inquietude estimulam ou atrapalham a sua criatividade?

RF: Engraçado, quando eu era pequeno, eu dizia que queria ser ginecologista (risos) sabia?  Meu pai curioso, me perguntou o porquê? Respondi que queria ver as mulheres nuas (risos). Daí ele disse que quando  casasse iria ver todos os dias. Para não ficar por baixo, disse-lhe que queria ver por dentro (risos). Uma resposta criativa, que resume bastante esse negócio de irreverência nata. Estou sempre em processo criativo, mesmo nos momentos mais difíceis, acabo criando alguma coisa. Acho que meu cérebro funciona no 2.0 o tempo todo(risos). Se acho uma coisa interessante, imagino  como seria a embalagem, a cor, o formato, e até a campanha de lançamento  dela. Entendeu? Isso me dá uma bagagem para desenvolver coisas bem legais, como o “Cartão Young Yamada”. Um cartão de crédito para os filhos (menores de 18 anos) dos titulares do cartão Yamada (um grande grupo empresarial do Pará, que era atendido pela Mércurio Publicidade onde era redator). Criado em 94, o cartão foi um grande case publicitário. Ainda hoje,  faz  um imenso sucesso por lá.

 

RR/ML 6- Onde está o Ricardo poeta?  

RF: Num escorpiano  com descendência  índio-portuguesa, que vive a vida intensamente.  Escrevi  “Com amor ao Mar”, meu primeiro e único livro aos 27 anos, no primeiro período do curso de letras em São Luís. Fui o primeiro aluno do curso de letras do Ceuma ( hoje Uniceuma , a lançar um livro ainda no início do curso.  Pretendo ainda este ano, trabalhar numa possível segunda edição.

 

RR/ML 7-Você desenvolveria seu trabalho em qualquer lugar do mundo ou SLZ é o fiel da balança para a sua inspiração?

RF:  Sou um cidadão do mundo, nasci em Belém  na década de 70. Mas foi em São Luís (ilha do amor), que formei o meu caráter e minha personalidade . Sou um Paranhense! Amo Belém ( uma pena, fazem 14 anos que não vou lá), mas tenho grandes raízes em São Luís. Isso  em nada me impediria de mudar temporária ou definitivamente pra qualquer outro lugar do mundo. Passei anos com ideia –fixa de morar no Rio ou São Paulo para ficar famoso, mas isso já passou. Se tiver uma boa proposta vou até pro Japão!(risos).

 

RR/ML 8 - Você tem uma visão radical na política brasileira ou não?

RF: Não é bem assim não. Sou a favor da justiça social, da crítica ao executivo, legislativo ou judiciário, com embasamento real, sem paixões políticas.  Há 3 anos me filiei ao PCdoB ( onde iria sair a vereador), mas uma tragédia familiar ( morte do meu sogro) me impediu . Sou ser um defensor ferrenho da presidenta Dilma, do ex  presidente Lula e do PT, por ideologia. Discordo veementemente dessa campanha midiática (do PIG) vira-lata para desestabilizar a governabilidade em nosso País . Sou brasileiro, norte-nordestino, amo isso daqui ( aponta pro chão)  e não desisto nunca. Tenho muito orgulho desse lugar e, vou combater, sempre que puder, a toda e qualquer discriminação. Seja  religiosa, sexual ou  principalmente  política. Principalmente  aquela  do ódio ao PT e seus integrantes.  Um dia desses discuti (no twitter) com o Roberto Freire ( Pres. Nacional do PPS) por causa isso. Freire é a maior contradição política que já conheci ( ele me deu uma entrevista exclusiva no Propagando).  Ele era comunista do PCB ( partido Comunista Brasileiro), foi nomeado pelos generais na ditadura para dirigir o INCRA, lutou pelas diretas,  por conta de interesses pessoais se juntou a FHC,  a quem era um soldado dedicado.  Ele (freire) me chamou de ativista virtual pago pelo PT , quem me dera!(risos) Se preciso for, defenderei sempre,  com todos os argumentos que possam existir,  o mandato da presidenta legitimamente eleita no Brasil. Querem mudar? Daqui a quatro anos podem fazer isso de forma natural.  Hoje não!  Impitiman é um sonho acalentado pela  mídia e direita golpista. Considero  um fato impossível.  Agora pedem a  renúncia, que para mim é um delírio dos desesperados, uma utopia.  Em vez de se manifestar, os coxinhas deveriam  era contribuir ( muitos são empresários) para o crescimento e a geração de emprego e renda no País.  Ninguém governa sozinho, o Congresso Nacional , as Assembleias Legislativas  e as Câmaras Municipais  são tão responsáveis pela crise brasileira , quanto os governos ( municipais, estaduais e federal). Por que só o governo federal  que está  levando  esse ônus? O Brasil não se resume a Brasília e muito menos ao governo Dilma. Temos indústrias, temos a Petrobras, a Vale.  Parem de reclamar e vamos trabalhar, essa é a frase que resume a minha opinião.  A crise para mim, é o melhor momento de se ganhar dinheiro nesse País.  Mãos á obra!

 

RR/ML 9 - Quais os momentos profissionais que você consideraria inesquecíveis?

RF: O primeiro livro a gente nunca esquece, a primeira exposição coletiva ou individual , os primeiros prêmios em vídeos,  nossa! São tantos que daria uma entrevista inteira.  A minha vida, daria muitos livros com  tantas coisas interessantes que já aconteceram. Hoje o momento mais importante é a conquista de 52.021,00 seguidores no mundo inteiro. O blog propagando se consolida ( completará 03 anos em junho)  com muito sucesso, influência, credibilidade e pasmem! Sem nenhum processo judicial. Quer realização profissional melhor? Sou abençoado e agradeço muito a Deus, a minha família  e a  meus seguidores por isso. Agora o Danilo Gentilli ou o Roberto Freire,  vão poder ter material para fazer  uma crítica consistente, sobre mim. Mas fui , também,coordenador da campanha de Combate à fome do Betinho em Belém . arrecadamos mais de 90 mil cestas de alimentos não perecíveis, além de carne, leite e pão. Foi a maior campanha já realizada num estado brasileiro. Chamava "Gincana da Solidariedade", que foi criada pelo vice-prefeito Aldebaro Klautau, na época. Como recompensa ganhamos uma carta manuscrita do Betinho, agradecendo a iniciativa. Foi um momentos mais lindos da minha vida.

 

 

RR/ML 10- O que é fundamental para que o Homem possa passar por essa vida e deixar pegadas que se possa seguir?

RF: Acima de tudo Fé,  acreditar primeiro em Deus  e depois em si.  As pessoas  tem que buscar os talentos escondidos dentre de cada um.  Eu posso, você pode, ele ou ela podem. Todos podemos, desde que busquemos essa força interior. Sou espírita e acredito na vida após a morte. Deus não seria tão imperfeito para nos fazer viver tão pouco e pronto acabou! Ainda temos muitas vidas pela frente, mas temos que saber aproveita-la da melhor e mais saudável maneira possível.  O primordial para mim no ser humano são 3 coisas : honestidade, amizade e respeito.  Com essas 3 coisas, poderemos construir um mundo melhor e mais justo. Muito Obrigado Mhário e Raquel , pela oportunidade de me desnudar para o mundo. Teria muitas coisas a mais para falar, mas daí deixaria de ser uma pequena entrevista e viraria uma novela ou quem sabe até um longa metragem. Deus abençoe a todos!

 

Comentários  

0 #4 P/Adriano PlazaEditor 03-04-2015 22:14
Estou respondendo por aqui, Adriano porque não tenho acesso a seu e-mail. Mas quero dizer que não moro mais em São Luís-Ma há 11 anos. Mas isso não faz com que eu continue amando minha cidade-mãe. Hoje meus negócios estão todos em Curitiba-Paraná Brasil, na parte sul do país. Fiquei honrado em meu trabalho chegar até você. Espero que você fale (brasileiro) e entenda o que escrevi. (risos).
Um grande abraço.
Mhario Lincoln
Citar
0 #3 Tutti i miglioriAdriano Plaza 03-04-2015 22:11
Nessuno può misurare persone solo perché vivono in una piccola città . Anche residente a St. Louis il suo lavoro , Mhario , viene a noi portare questa brillante entrevista.Parabéns di Ricardo Fonseca .

Tutti i migliori
Adriano Plaza
giornalista
Citar
0 #2 ParabénsLuciano Coutinho 03-04-2015 22:08
Encaro seu trabalho desde a época em que trabalhei em São Luís. Os anos se passaram e você cresceu. Notei sua maturidade. Mas os sonhos nunca mudaram. Você continua firme em ir em busca deles. Isso é ótimo. Continue assim.
Um grande abraço,
Lucci Coutinho.
Citar
0 #1 Portentoso esse piquenoMarcinha do Cohatrac 03-04-2015 22:07
Ricardo, parabéns meu dileto. Sou tua fã desde piquininninha. Aodoro vc. Muito mais agora.
Eu
Citar