"Gravetos de mim", J.O.Ramos

Escrito por Mhario Lincoln. Publicado em Arte e Literatura em: 09/05/2015 | Atualizado em: 09/05/2015

Compartilhe
 
 
 
Gravetos de mim

(José de Oliveira Ramos)

 

 

 

José de Oliveira Ramos é jornalista, poeta e pesquisador. (São Luís-MA).

 

 

Vento suave varre as veredas
Acaricia galhos e beija folhas
Deixa rastros de beleza e fim
Quebrando gravetos de mim

Galhos secos de clorofila e vida
Folhas que caem atapetando chão
Cobrindo o solo e a terra viva
Renascendo gravetos de mim

Nuvens se fazem chuva e gotas
Molhando a terra ao redor
Brotando folhas e flores, enfim,
Dando vida aos gravetos de mim

Gravetos de mim, gravetos de ti
Gravetos de nós fortalecendo os nós
Numa fogueira grande que, antes,
Eram apenas galhos e gravetos de mim.

 

 

 

 

*****************************************

 

Comentários  

0 #1 "Gravetos de mim", J.O.RamosShannan 09-06-2015 21:39
Hello Online Marketers,

Are you intersted in buying TOP Quality Solo Ads in order to build your mailing lists?


Simply visit our site ... We Sell Solo Ads: https://udimi.com/a/lizd3

* https://udimi.com/a/lizd3
Citar